Cândido Rodrigues tem dois pré-candidatos a prefeito para eleição deste ano

Cândido Rodrigues tem dois pré-candidatos a prefeito para eleição deste ano

Última atualização em 25/06/2024, 10h41min por A Trombeta

Até o momento o município de Cândido Rodrigues conta pelo menos dois  pré-candidatos interessados em disputar o pleito municipal de outubro próximo. Com a proximidade das convenções municipais (veja cronograma nesta matéria) para definição das coligações que participarão do pleito municipal, alguns pretendentes ao cargo de prefeito se apresentam como pré-candidatos. No entanto esses nomes apresentados podem mudar durante as convenções, e portanto, nem todos os pré-candidatos terão a certeza da participação. Também existe a possibilidade de algum outro pretendente, que ainda não se manifestou, surgir como concorrente.

Segundo informações obtidas junto a fontes de agremiações partidárias de Cândido Rodrigues, até o momento há pelo menos dois pré-candidatos a prefeito:

Fabricio Roncoli, casado, atual prefeito, escolaridade Ensino Médio completo. Exerce pela primeira vez o cargo de chefe do Poder Executivo de Cândido Rodrigues. Já foi vereador e inclusive foi presidente da Câmara Municipal.

Tiago Alex Ravazzi, casado, empresário, escolaridade Superior Completo, pretende participar pela primeira vez em um pleito eleitoral.

Cronograma das eleições gerais para prefeitos e vereadores de 2024

Diante da aproximação das eleições gerais de 2024, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou o cronograma detalhado que guiará o processo eleitoral para a escolha de prefeitos e vereadores em todo o Brasil.

Convenções partidárias

As convenções partidárias, que são eventos internos dos partidos políticos destinados à escolha dos candidatos que disputarão as eleições, estão marcadas para ocorrer entre os dias 20 de julho e 5 de agosto de 2024. Durante esse período, os partidos definirão seus candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador, além de deliberar sobre possíveis coligações.

Registro de candidaturas

Após as convenções, os partidos têm até o dia 15 de agosto de 2024 para registrar suas candidaturas junto ao TSE. O registro é um passo essencial, pois formaliza a participação dos candidatos no pleito e assegura que todos os requisitos legais foram cumpridos. É nesse momento que a Justiça Eleitoral passa a analisar a documentação apresentada, verificando a elegibilidade dos candidatos.

Início da propaganda eleitoral

A partir do dia 16 de agosto de 2024, os candidatos podem iniciar suas campanhas oficialmente. A propaganda eleitoral será permitida até o dia 4 de outubro de 2024, véspera do primeiro turno das eleições. Durante esse período, os candidatos poderão utilizar diversas ferramentas de comunicação, como comícios, distribuição de material gráfico, propaganda na internet e inserções em rádio e televisão.

Primeiro turno das eleições

O primeiro turno das eleições está marcado para o dia 6 de outubro de 2024. Neste dia, os eleitores de todo o Brasil irão às urnas para escolher seus prefeitos e vereadores. A votação ocorre das 8h às 17h, horário local, e os resultados começam a ser divulgados a partir das 17h, conforme os votos são contabilizados.

Segundo turno das eleições

Nas cidades com mais de 200 mil eleitores, onde nenhum candidato a prefeito obtiver mais de 50% dos votos válidos no primeiro turno, haverá um segundo turno. Este está agendado para o dia 27 de outubro de 2024. A campanha para o segundo turno começará logo após a divulgação dos resultados do primeiro turno e se estenderá até o dia 26 de outubro.

Prazos para propaganda e recursos

A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão para o segundo turno iniciará no dia 12 de outubro e terminará no dia 25 de outubro de 2024. Até o dia 15 de dezembro de 2024, todos os recursos e contestações relativos ao pleito deverão ser julgados, assegurando que os eleitos sejam devidamente diplomados até essa data.

Diplomação dos eleitos

A diplomação dos eleitos é a última etapa do processo eleitoral e deve ocorrer até o dia 19 de dezembro de 2024. Nesse evento, o TSE entrega os diplomas que atestam que os candidatos foram eleitos de forma legítima e estão aptos a tomar posse de seus cargos em 1º de janeiro de 2025.

Imagens dos pré-candidatos: Facebook

Publicidade

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *