Fernando Prestes comemora o Corpus Christi

Fernando Prestes comemora o Corpus Christi

Última atualização em 29/06/2022, 7h56min por A Trombeta

Antes mesmo da abertura das padarias e o cantar dos galos remanescentes que ainda teimam em viver em alguns quintais de Fernando Prestes, os voluntários responsáveis pelos enfeites das ruas já estava a postos. Os meninos e meninas coroinhas, católicos e devotos de todos os movimentos da Paróquia de Santa Luzia acordaram de madrugada para enfeitar as ruas que circundam a igreja matriz. O vai e vem e o prosear das crianças, adolescentes e adultos proporciona o murmurinho matinal típico desses dias de festas nas pequenas cidades

Os enfeites foram confeccionados com esmero, pois afinal fazia dois anos que o Corpus Christi era comemorado de maneira virtual devido a pandemia da covid e ontem, dia 16/06, a comunidade católica foi as ruas literalmente.

Corpus Christi significa Corpo de Cristo. É uma festa religiosa da Igreja Católica que tem por objetivo celebrar o mistério da eucaristia, o sacramento do corpo e do sangue de Jesus Cristo.

A festa de Corpus Christi acontece sempre 60 dias depois do Domingo de Páscoa ou na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, em alusão à quinta-feira santa quando Jesus instituiu o sacramento da eucaristia.

A cerimônia presidida pelo padre Daniel Bejo aconteceu, às 16h, na Igreja Matriz de Santa Luzia e na sequência houve a procissão pelas ruas enfeitadas por um tapete central feito de bagaço de cana, pó de café e cascas de ovos. Vários altarzinhos foram montados por moradores, uma tradição nas procissões nos dias santos.

Esse dia, talvez seja o  mais pertinente em expor em via pública os “santos da casa” haja vista que é a única ocasião que Santíssimo sai do sacrário para as ruas. De maneira simbólica, os altarzinhos com seus santos saúdam o Cristo. O sol já dava seu adeus quando os fiéis se dispersavam pela praça central.

Publicidade

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.