Araraquara encerra mostra ‘Marcelo D’Salete – A História Negra em Quadrinhos’ no próximo dia 19

Araraquara encerra mostra ‘Marcelo D’Salete – A História Negra em Quadrinhos’ no próximo dia 19

Última atualização em 21/06/2022, 6h38min por A Trombeta

Exposição itinerante do Museu Afro Brasil, que aborda a história de resistência à escravidão no Brasil pela ótica dos povos negros, está em cartaz no Sesc da cidade

A exposição itinerante “Marcelo D’Salete – A História Negra em Quadrinhos”, do Museu Afro Brasil, entra na reta final na cidade de Araraquara e se encerra no próximo dia 19 de junho, no Sesc da cidade.

A mostra apresenta a obra de Marcelo D´Salete, quadrinista, ilustrador e professor, autor de publicações como a HQ Cumbe (2014) e Angola Janga (2017), abordando a história de resistência à escravidão no Brasil pela ótica dos povos negros.

Com curadoria de Emanoel Araujo, diretor curatorial do Museu Afro Brasil, a exposição conta com pranchas originais dos desenhos de D’Salete, além de exibir exemplares de suas obras. Também estão expostos os troféus Eisner Awards 2018, Prêmio Grampo 2018, HQMIX 2018 e o Jabuti 2018 (categoria História em Quadrinhos), estes três últimos conquistados pelo trabalho desenvolvido em Angola Janga.

“O que se evidencia na obra de Marcelo D’Salete é a qualidade de seus desenhos. Três de seus livros são agora abordados nesta exposição para reconhecer – além do talento do seu preciso e precioso desenho, que conta nessas histórias e nas suas pesquisas – o quanto falam profundamente da nossa memória, da nossa ancestralidade, da vida dos nossos antepassados africanos escravizados e espoliados na busca infinita de liberdade”, afirma Emanoel Araujo.

Nos livros Encruzilhada, Cumbe e Angola Janga é possível perceber a fluidez dos desenhos em suas narrativas, com linhas, volumes, contrastes entre pretos e brancos, os vazios profundos de onde emergem tensões, detalhes com closes precisos nas aproximações contra as minúcias que fluem magnificamente.

Todos esses aspectos trazem uma extraordinária definição das figuras e dos seus traços característicos de que fala a história. A relevância com que Salete desenvolve o domínio do traço da figura humana mostra o quanto esse aspecto expressionista do desenho fala, age, mexe no subconsciente de forma extraordinária e emocional. 

Assim, os livros e suas histórias – nesta exposição com os originais e ampliações – devem seduzir seus leitores e espectadores habituados a esse tipo de proposta contada em quadrinhos, que narra, sobretudo, uma nova visão de fatos profundos que nos envolvem e nos falam também de um tempo que nos serve como uma reflexão; de que a procura da liberdade do homem termina sempre como um dever além do tempo e de todos os tempos.

Exposição: Marcelo D´Salete – A História Negra em Quadrinhos  

Sesc Araraquara: Rua Castro Alves, 1315, Quitandinha, Araraquara

Visitação até 19/6/2022

Terça a sexta, das 13h às 21h30. 

Sábados, domingos e feriados, das 9h30 às 18h. 

Salas de Múltiplo Uso 2 e 3. Grátis. Livre.

Mais informações:

http://www.museuafrobrasil.org.br 

https://www.sescsp.org.br/programacao/marcelo-dsalete/

Fonte: Museu Afro Brasil
Imagens: Danilo Silva

Publicidade

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.